Investir em ouro é lucrativo?

Você já pensou em investir em ouro? Um investimento que já foi muito popular entre os investidores no passado, o ouro tem voltado a chamar a atenção no mercado.

Historicamente, o ouro desempenhou um papel importante nas economias de muitas nações.

Embora não seja mais uma forma primária de moeda, o ouro ainda é um sólido investimento de longo prazo e pode ser uma adição valiosa ao portfólio, especialmente em um mercado baixista.

O ouro foi considerado uma moeda universal por centenas de anos. Devido ao seu valor reconhecido em todo o mundo, um padrão ouro foi usado desde o Império Bizantino, há mais de 1.500 anos.

Até recentemente, de fato, o ouro era usado como moeda de reserva mundial.

Em 1944, após a assinatura do Acordo de Bretton Woods, o dólar substituiu o ouro como moeda de reserva mundial. Mas mesmo depois desse acordo, o ouro continuou a ser usado para respaldar as moedas nacionais de vários países.

No entanto, em 1971, Richard Nixon eliminou o padrão-ouro nos Estados Unidos e outros países logo o seguiram.

Certamente agora você está se perguntando:

É lucrativo investir em ouro?
Tentaremos dar-lhe uma resposta através deste artigo.

Vantagens do ouro como investimento

SEM MEDO - Ouro, dólar e euro representam segurança para investidores
SEM MEDO – Ouro, dólar e euro representam segurança para investidores.

Embora não seja mais a principal forma de moeda no mundo desenvolvido, o ouro ainda é um investimento popular por uma série de razões.

Continua após a publicidade
Liquidez

O ouro pode ser facilmente convertido em dinheiro em qualquer lugar do mundo. Além do dinheiro real, a liquidez e a universalidade do ouro não têm concorrente.

Ele mantém seu valor

O ouro tende a manter seu valor ao longo do tempo. Os economistas consideram que mesmo o preço do ouro não é indicativo de seu valor. Ou seja, mesmo que o preço caia, o valor subjacente do ouro não muda muito.

Isso ocorre principalmente porque existe uma quantidade fixa de ouro devido ao fato de ser uma commodity, enquanto o dólar americano, que é uma forma de moeda fiduciária, não tem valor inerente.

Proteção contra a inflação

O ouro aumenta de valor quando a inflação se firma. Como o ouro é cotado em euros, qualquer deterioração do euro levará logicamente a um preço mais alto do ouro.

Como resultado, em tempos de inflação, o ouro oferece um investimento muito mais estável do que o dinheiro.

O ouro é usado como insumo em produtos

Como o ouro é usado na produção de vários produtos, incluindo joias e eletrônicos, existe uma demanda confiável que estabiliza ainda mais o preço do ouro.

Além disso, em tempos de aumento da demanda, esses mercados podem forçar o preço do ouro a subir.

O ouro é originalmente o tom mais utilizado como também o mais buscado nas joalherias, esse tom retrata exatamente que a peça tem aparência de ouro, portanto ganha forma sendo o mais tradicional.
O ouro é originalmente o tom mais utilizado como também o mais buscado nas joalherias, esse tom retrata exatamente que a peça tem aparência de ouro, portanto ganha forma sendo o mais tradicional.

Adicionar diferentes ações ao seu portfólio é uma forma essencial de diversificar e reduzir o risco geral de seus investimentos. Além disso, como o ouro geralmente se move inversamente aos valores de mercado e monetário, ele oferece uma maneira especialmente eficaz de diversificar.

Investimento universalmente desejado

O ouro continua sendo uma mercadoria universal. Embora os países vendam seus futuros de moeda, títulos do Tesouro e outros títulos em todo o mundo, ao contrário do ouro, eles estão sujeitos ao caos político.

Desvantagens de investir em ouro

Embora o ouro possa ser um grande investimento pelos vários motivos descritos acima, você também deve estar ciente de algumas desvantagens de investir em ouro antes de se aventurar nele.

Eles são os principais:
O ouro não gera renda passiva

Outros investimentos, como ações e títulos, podem derivar uma parte do valor da receita passiva na forma de juros e dividendos.

No entanto, o único retorno que você pode obter do ouro é quando ele aumenta de valor e você decide vendê-lo.

Com as repetidas altas dos últimos anos, analistas do mundo todo discutem se o ouro já atingiu seu teto ou se ainda tem espaço para continuar subindo
Com as repetidas altas dos últimos anos, analistas do mundo todo discutem se o ouro já atingiu seu teto ou se ainda tem espaço para continuar subindo.
Diversificação

O ouro pode criar uma bolha

Quando a economia está instável, muitas pessoas começam a investir em ouro, mas quando os investidores começam a entrar em pânico, o ouro pode ficar muito caro.

Isso, por sua vez, significa que seu investimento pode perder valor assim que o preço for corrigido.

Você precisa de armazenamento físico e seguro

Se você decidir comprar ouro físico real, não precisará apenas armazená-lo, mas também terá de fazer um seguro. Caso contrário, você não poderá substituí-lo se estiver danificado ou for roubado.

As taxas de imposto sobre ganhos de capital são mais altas na maioria dos investimentos em ouro. A taxa de imposto sobre ganhos de capital é de cerca de 28%, que é muito mais alta do que a taxa ordinária de ganhos de capital de 15%.

Dito isso, as empresas que não investem em ouro diretamente ainda são tributadas à taxa normal.

Os aumentos no valor do ouro coincidem com a desvalorização da moeda local


Recomendamos a leitura das seguintes matérias

Voltaire ganhou uma fortuna na loteria da França
Princípio básico para acumular patrimônio
Ganhar dinheiro dormindo


Muitos economistas argumentam que o valor do ouro só aumenta quando o euro é desvalorizado ou a inflação é forte. Como resultado, os críticos do investimento em ouro acham que o ouro não oferece retornos adequados em outros mercados.

Quando investir em ouro?

Depois de conhecer as vantagens de investir em ouro, você quer experimentar, mas quando é o melhor momento para investir nesse ativo?
A principal vantagem de investir em ouro é evidenciada principalmente em momentos de crise econômica.
A principal vantagem de investir em ouro é evidenciada principalmente em momentos de crise econômica.

A melhor época para investir em ouro é quando se espera que a inflação tome conta e reduza o valor da moeda nacional. Quanto mais cedo você puder detectar essas quedas, mais espaço terá para lucrar.

Continua após a publicidade

Os indicadores antecedentes, como a quebra do mercado de ações e turbulência política, podem indicar uma desvalorização futura da moeda do seu país.

Da mesma forma, quando o banco central anuncia que vai imprimir mais moeda, isso pode ser uma boa indicação de que é um bom momento para investir em ouro.

Por outro lado, quando o valor monetário é forte e a inflação não é esperada no curto prazo, não há muito espaço para o preço do ouro subir.

Dito isso, se houver expectativas de aumento da demanda de mercados que exigem ouro, como joias e eletrônicos, é uma ótima ideia investir em ouro para aproveitar a potencial pressão de preço.

Em termos práticos, no entanto, uma estratégia de investimento passivo de compra e manutenção pode ser melhor para o investidor regular de ouro.

Como as economias tendem a ser cíclicas, compre quando o preço do ouro cair. Dessa forma, você não precisa se preocupar em comprar quando todos compram e o preço sobe.

Qual porcentagem que ouro deve conter em uma carteira?

Não existe uma regra rígida e rápida sobre quanto ouro você deve manter na carteira.

Isso vai depender de como você se sente em relação ao mercado, de quão confortável você se sente com a volatilidade dos mercados, bem como de quais são suas necessidades financeiras, entre outros aspectos.

Como o ouro é um dos poucos investimentos que vão bem em um mercado baixista, considere essa opção e use essas informações para decidir quanto ouro comprar.

Em última análise, você deve usar as mesmas estratégias de gerenciamento de portfólio para alocar ouro que usa para comprar outros investimentos.

Como você pode investir em ouro?

Para investir em ouro é preciso acompanhar as flutuações no preço desse metal. Ele se comporta mais ou menos como uma moeda. Aliás, no Brasil, a cotação do ouro é influenciada diretamente pelo valor do Dólar.
Para investir em ouro é preciso acompanhar as flutuações no preço desse metal. Ele se comporta mais ou menos como uma moeda. Aliás, no Brasil, a cotação do ouro é influenciada diretamente pelo valor do Dólar.

Existem muitas maneiras diferentes de investir em ouro, como falaremos a seguir:

Compre ouro diretamente

Você pode comprar ouro diretamente na forma de barras ou moedas. É a forma tradicional de investir em ouro embora, ao mesmo tempo, a que acarrete mais risco, porque pode ser perdido ou roubado.

E se você quiser mantê-lo seguro, você terá que pagar para tê-lo segurado.

Compre ações de uma empresa que vende ouro

A segunda opção é comprar ações de uma empresa que produz ouro, como garimpeiros. Embora não seja um investimento direto em ouro, o valor das ações estará fortemente correlacionado com o valor desse metal precioso.

Ao mesmo tempo, o que acontece nas minas de ouro também terá um impacto direto em seu valor. Também existe a possibilidade de que ter ouro lhe pague dividendos por suas ações.

Por meio de futuros e opções de ouro

Você pode investir em ouro por meio de derivativos financeiros especializados em investimentos em ouro como opções de compra e venda.

O ouro sempre foi importante como moeda, mas ele também apresenta outras características e importâncias que envolvem várias áreas da humanidade.
O ouro sempre foi importante como moeda, mas ele também apresenta outras características e importâncias que envolvem várias áreas da humanidade.
Invista em um ETF de ouro

Um ETF de ouro é um fundo de capital aberto especializado em investir em uma variedade de títulos de ouro. Essa diversificação pode minimizar um pouco o seu risco.

Dois ETFs de ouro populares que são negociados no mercado são SPDR Gold Trust e iShares COMEX Gold Trust.

Em última análise, o ouro pode ser um investimento lucrativo quando todos os outros produtos de investimento falham.

No entanto, lembre-se de que existem produtos lucrativos com um índice de baixo risco (1/6), como depósitos bancários oferecidos por plataformas, com capital garantido no vencimento e com uma TAEG mais do que aceitável por ser um produto de renda fixa condições de mercado.

Uma de suas principais preocupações ao investir em ouro deve ser a inflação ou a desvalorização do valor da moeda. Dito isso, antes de investir em ouro, você deve saber muito bem que tipo de investimento fará e o valor do ouro naquele momento.

Além disso, tenha em mente quanto exatamente custará para você armazenar e segurar ouro físico.

Saber os detalhes de tudo isso pode fazer uma grande diferença no que diz respeito à lucratividade.

E você já esta pensando em investir em ouro?

Faça um comentário...